Para doar, faça um depósito no Banco do Banestes. Conta poupança: 2724824-4 | Agência: 0113

Isaque Viana de Moraes tem sete anos.

Ele é filho de Antônio Carlos de Moraes, 45, que trabalha como auxiliar de serviços gerais (ASG), na empresa Serdel Serviços e Conservação, em Barra de São Francisco, localizado no noroeste do Espírito Santo.

Isaque foi diagnosticado com Distrofia Muscular Duchenne (DMD) há pouco mais de dois anos, uma doença genética hereditária e degenerativa.

No início do tratamento, Moraes relata que foi muito ajudado pelos amigos e companheiros de trabalho e apenas com essa ajuda foi capaz de levar o filho para uma consulta em São Paulo (SP). A consulta custou R$ 900.

“Nós fomos a cidade de São Paulo com doações de pessoas daqui. Os amigos do meu trabalho foram guerreiros e me ajudaram muito.”

Após a consulta, Isaque está sendo tratado com a Corticoterapia. “Meu filho está tomando os remédios, mas meu sonho é que meu filho faça a operação com células tronco, porque é a única coisa que pode regenerar esse problema”, explica Antônio.

Pelo alto custo do tratamento, Antônio Carlos teve a ideia de criar o site “Unidos Pelo Isaque”, para arrecadar fundos para o tratamento do seu filho. Além de notícias e propagandas sobre os comerciantes locais do município onde mora, o site possui uma rádio online, a Rádio Unidos Pelo Isaque.

Clique aqui e acesse o site: http://unidospeloisaque.com/.

Antônio Carlos e seu filho Isaque precisam da sua ajuda. Para doar, faça um depósito no Banco do Banestes:

Isaque Viana de Moraes
Conta Poupança 2724824-4
Agência 0113

Todo o valor arrecadado é revertido para custear o tratamento de Isaque, como as viagens, as consultas e os remédios.

Diagnóstico

Antônio conta que descobriu a doença quando viu Isaque sofrer uma queda, “eu levei meu filho no raio-x, porque eu vi ele caindo, mas não deu nada. Com isso, o ortopedista transferiu ele para mais dois médicos. Até chegar na geneticista. Foi quando descobrimos que o problema era genético”.

Segundo Moraes, o seu filho sofre quedas frequentemente, “ele depende de mim 24 horas por dia, é uma luta constante. Esse é um caso que se desenvolve a cada 40 mil crianças”, afirmou.

http://sindilimpe-es.org.br/wp-content/uploads/2017/01/Ajude_Isaque_destaque.jpeghttp://sindilimpe-es.org.br/wp-content/uploads/2017/01/Ajude_Isaque_destaque.jpegComunicaçãoDestaquesLutas e MovimentosPara doar, faça um depósito no Banco do Banestes. Conta poupança: 2724824-4 | Agência: 0113 Isaque Viana de Moraes tem sete anos. Ele é filho de Antônio Carlos de Moraes, 45, que trabalha como auxiliar de serviços gerais (ASG), na empresa Serdel Serviços e Conservação, em Barra de São Francisco, localizado...